QUINO

QUINO
TODA MAFALDA

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Superman, Wolverine e Mulheres Alteradas (Maitena) - Questão de Gênero

Por Caio Ferraro     


 Certa vez aplicando essa aula fui questionado sobre qual o conteúdo da matéria de História eu estava trabalhando. "Um dos mais importantes - a História da Mulher". Desculpem se não sigo o cronograma do vestibular, mas tem coisa mais importante a se aprender antes das datas.


Superman

Wolverine
A que horas a filha pode voltar para casa, década a década.
O amor década a década

Discussão pura e simples. Não determinei uma sequência lógica para aplicar esse material. Desde a primeira vez que trabalhamos isso, ainda em grupo, deixamos os preconceitos aflorarem naturalmente e no mundo do politicamente correto, a figura da mulher ainda é discriminada sem peso na consciência. Por um lado isso é excelente, porque poucos se abstém do embate verbal. Atividade desenvolvida individualmente, sendo as duas primeiras páginas entregues às meninas e as duas seguintes aos meninos, que depois trocaram para que todos pudessem ter acesso.
I & II - Superman - WolverineEssas duas páginas duplas foram apresentadas às alunas sem que o tema da aula fosse determinado. A intenção era incentivá-las a procurar sozinhas conceitos históricos presentes nas obras, a única informação dada durante a distribuição das páginas foi o ano em que foram publicadas (1993). Apesar do receio, não demorou para que ouvisse: "Ah, essa palhaçada do herói fortão salvando a vadia indefesa!" . A sala imediatamente explodiu, com as outras meninas reafirmando a idéia e apontando no cinema a eterna presença da mocinha indefesa, além de perceber no material do Superman outro estereótipo relacionado, da mocinha esperando pelo retorno de seu bravo herói. Enquanto isso as risadas masculinas...
III & IV - Mulheres Alteradas - (Maitena): Entregues as páginas aos meninos as piadas e risadas aumentam, e os alunos começam a discutir avidamente, antes mesmo de analisarmos o material. Como ambos os quadrinhos são passagens comparativas da relação da mulher com sua época, todos começaram a falar como seria o agora, o século XXI, desvendando mais uma possibilidade, devidamente incorporada à aula. Solicitei a atenção dos alunos para que os meninos tivessem a oportunidade de analisar o material como as meninas, pedindo opiniões e tentando controlar o ímpeto feminino. Quando a maioria das opiniões tomaram um ar de seriedade os ânimos foram contidos e comecei a questioná-los sobre a figura da mulher através do tempo: "o que mudou?" - "de onde vem esse preconceito?" - "ainda há preconceito?"...  Em todas as ocasiões as meninas monopolizaram o debate, salvo raras intervenções. 

Para trazer o gênero masculino de volta à discussão li para eles uma página da HQ  "Y - O Último Homem", que delineava o mundo sem homens, falecidos devido a uma pandemia global misteriosa. Aqui a reprodução do texto:






Esse vídeo  "Café Filosófico - Mulheres", foi passado por uma amiga e pretendo utilizar ao menos as citações para demonstrar a posição da mulher na História.




Nenhum comentário:

Os Queridinhos!